sábado, 28 de março de 2015

Plano de Educação de Tuparetama é destaque em site nacional

Com o objetivo de revisar o seu Plano Municipal de Educação e avaliar os Indicadores da Qualidade na Educação propostos pelo MEC, o município de Tuparetama realizou nas duas primeiras semanas do mês de março de 2015, uma série de encontros intitulados Família na Escola, onde toda a comunidade escolar da rede municipal pôde avaliar a educação tuparetamense e fazer um levantamento de metas e estratégias para os próximos dez anos.

A iniciativa da Secretaria de Educação de Tuparetama de inserir a participação popular na revisão do plano chamou atenção do portal "De Olho nos Planos", espaço que desponta como uma iniciativa que busca ampliar e pluralizar o debate público sobre a importância da participação de todos(as) na construção de Planos de Educação no Brasil.

O portal De Olho nos Planos é uma iniciativa composta pela Ação Educativa, Campanha Nacional pelo Direito à Educação, União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime),  Associação Nacional de Política e Administração Educacional (ANPAE), e Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Educação (FNCE), com apoio do Instituto C&A e do UNICEF.

Confira a matéria sobre a iniciativa de Tuparetama no link abaixo:

quarta-feira, 25 de março de 2015

TUPARETAMA É O ÚNICO MUNICÍPIO DO SERTÃO VENCEDOR DO CONCURSO DE PRÁTICAS INOVADORAS DE GESTÃO, DA AMUPE


A Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE) premiou na manhã desta quarta-feira (25), os três projetos vencedores do Concurso de Práticas Inovadoras de Gestão, promovido durante o 2º Congresso Pernambucano de Municípios, realizado de 23 a 25 deste mês de março, no Centro de Convenções, em Olinda. O objetivo do concurso é dar visibilidade às práticas inovadoras, contribuindo para o fortalecimento da gestão pública. 

No total, doze práticas de gestão foram selecionadas para participar do concurso, sendo três premiadas esta manhã. Entre os municípios vencedores, destaque para Tuparetama, único município do Sertão vencedor da disputa, com o projeto do Centro de Inclusão Produtiva de Tuparetama (CIPT). Os outros ganhadores são Jaboatão dos Guararapes (1º) e Olinda (2º). 

A apresentação do projeto aconteceu na tarde de ontem (24), no auditório Guararapes, no Centro de Convenções. Tuparetama apostou na linguagem de versos e cordel para a apresentação, e obteve o maior número de votos do público participante do congresso. Os outros dois vencedores foram escolhidos por uma comissão avaliadora. A apresentação durou cerca de sete minutos e ficou por conta do Secretário de Desenvolvimento Rural do município, Gilmar Aguiar, e do declamador mirim, Samuel Aragão, de 11 anos. “O mais importante para a nossa equipe não é ganhar prêmios, mas saber que plantamos uma semente e que ela germinou e está dando frutos, um exemplo é o reconhecimento que nosso projeto teve ao ser selecionado entre dezenas de outras práticas também inovadoras”, disse Gimar Aguiar. 


O prefeito municipal e presidente do Cimpajeú, Dêva Pessoa, enfatiza a importância de Tuparetama ter retomado a parceria com o Governo do Estado através do projeto Pernambuco no Batente, o que resultou no Centro de Inclusão Produtiva, que hoje tem cerca de 200 agricultores produzindo e beneficiando frutas sazonais, gerando renda para as suas famílias e fortalecendo a economia e autonomia local. “O trabalho do Centro de Inclusão culminou com a criação de uma cooperativa, onde as famílias de forma organizada aproveitam as frutas que antes se perdiam na região e produzem polpas, vamos, inclusive, fazer uma parceria com a cooperativa para incluir essas polpas na merenda escolar da rede municipal”, disse o gestor. 

O projeto 

O CIPT – Centro de Inclusão Produtiva de Tuparetama foi implantado no município através de uma parceria com o Pernambuco no Batente, do Governo do Estado, e surgiu com o objetivo de promover ações que proporcionassem o aumento de renda e oportunidade de ocupação da população em situação de vulnerabilidade e pobreza. A implantação do CIPT contribuiu para fomentar a criação da Cooperativa dos Agricultores e Produtores de Beneficiamento de Frutas de Tuparetama, hoje pleno funcionamento. Os cursos e atividades oferecidos pelo centro viabilizaram a iniciativa sobre associativismo e cooperativismo, oficinas sobre gestão de negócios, empreendedorismo, feira do empreendedor, etc. Como consequência foi implantado um centro de inclusão produtiva de beneficiamento de frutas, sendo pioneiro na região do Alto Sertão do Pajeú, microrregião do Sertão pernambucano. 


Objetivo do concurso 

O concurso visa valorizar, por meio de premiação, Práticas Inovadoras de Gestão Municipal e reconhecer os esforços de prefeitos e prefeitas pernambucanos em prol de uma sociedade mais equilibrada e sustentável. O propósito é levar a sociedade a conhecer e reconhecer cada vez mais os gestores públicos como agentes dinâmicos, comprometidos e ousados que buscam superar obstáculos, assegurando uma melhor qualidade de vida para todos os munícipes.

Assessoria de Comunicação/ Juliana Lima e equipe

PARTICIPAÇÃO POPULAR NA REVISÃO DO PLANO DE EDUCAÇÃO DE TUPARETAMA É DESTAQUE NA INTERNET

PUBLICADO NO BLOG "DE OLHO NOS PLANOS"
Há 270 quilômetros de Recife, Tuparetama (PE) utiliza Indicadores da Qualidade na Educação para levantamento de metas para Plano de Educação 


Com cerca de oito mil habitantes e há 270 quilômetros da capital do estado, o município pernambucano de Tuparetama realizou nas duas primeiras semanas de março a autoavaliação participativa de suas escolas da rede municipal para a revisão de seu Plano de Educação. Por meio da proposta dos Indicadores da Qualidade na Educação para o ensino fundamental, o Fórum Municipal de Educação da cidade organizou atividades com o objetivo de reunir mães, pais, estudantes, profissionais da educação e demais integrantes da comunidade escolar para a avaliação da educação e para o levantamento de metas e estratégias para os próximos dez anos. 

“Nós aproveitamos os encontros ‘Família na Escola’, que ocorrem todos os anos, para discutir a situação da educação na cidade a partir de sete indicadores que tratam não só do cotidiano da escola, servindo para o Projeto Político Pedagógico de cada unidade, mas também para nosso Plano Municipal de Educação [PME]”, relatou o secretário de educação de Tuparetama, Inaldo Marques. 

Apesar de o material utilizado ter sido construído para o ensino fundamental, Inaldo explicou que o Fórum o adaptou para que servisse também às outras etapas de ensino. Atualmente, segundo o secretário, o atendimento dos cerca de 2500 estudantes da cidade é feito por meio de cinco escolas e uma creche na rede municipal de ensino, duas escolas da rede estadual e uma escola particular de educação infantil. 

“Cada escola elaborou um convite a ser enviado pelos alunos aos familiares. Quase todas as reuniões ocorreram no período noturno e ofertamos o jantar para as pessoas que participaram”, explicou Inaldo. E contabilizou: “as atividades em cada escola foram realizadas em um dia diferente da semana para que toda a equipe da coordenação do Fórum e da Secretaria pudesse participar em grupos distintos, com ao menos uma pessoa por dimensão dos Indicadores. Ao todo, participaram cerca de 700 pessoas”. 

Indicadores da Qualidade  

Ainda segundo o secretário de educação da cidade, os Indicadores da Qualidade na Educação para o ensino fundamental foram utilizados como um “termômetro” para que tanto o Fórum quanto a Secretaria pudessem obter a avaliação das famílias quanto ao ensino e suas propostas para a educação no município. 

“Os Indicadores nos deram um respaldo por ser um material proposto pelo MEC [Ministério da Educação], pelo Unicef [Fundo das Nações Unidas para a Infância] e por várias instituições da área da educação. Além disso, por meio dele conseguimos abranger todas as dimensões do funcionamento da escola, o que nos dá uma boa sistemática para elaborarmos um passo a passo de nosso plano de ação e do monitoramento da educação que ofertamos”, ressaltou Inaldo. 

Coordenado pela Organização Não-Governamental Ação Educativa, Unicef, MEC e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os Indicadores da Qualidade na Educação Ensino Fundamental possuem sete dimensões: ambiente educativo; prática pedagógica e avaliação; ensino e aprendizagem da leitura e da escrita; gestão escolar democrática; formação e condições de trabalho dos profissionais da escola; e ambiente físico escolar.  

Rede Estadual e perspectivas 

Além do uso dos Indicadores, o Fórum Municipal de Educação (FME) da cidade realizou conferência com representantes da rede estadual de ensino. “No início do ano, tivemos a participação de todos os professores da rede estadual que atuam na cidade e tanto a comissão técnica quanto o Fórum possuem representantes desta rede”, afirmou Inaldo, destacando que o Plano de Educação de Tuparetama deve abordar toda a atividade educacional realizada na cidade e não apenas as que são oferecidas pela rede municipal. 

Após o levantamento das propostas por meio dos Indicadores, segundo ele, as metas e estratégias serão sistematizadas por grupos de trabalho de acordo com a etapa de ensino a que se referir. “Pretendemos ter o texto pronto até o dia 20 de maio para podermos realizar uma conferência municipal de educação com todos os professores e a sociedade civil”, relatou. Segundo Inaldo, o FME deve coordenar a conferência e fazer a mediação de todo o processo relacionado à revisão do Plano de Educação da cidade. 

terça-feira, 24 de março de 2015

Tuparetama apresentou hoje no Centro de Convenções projeto selecionado para concurso da AMUPE


Selecionado para participar do Concurso de Práticas Inovadoras de Gestão, promovido pela AMUPE, o projeto do Centro de Inclusão Produtiva de Tuparetama foi apresentado na tarde desta terça-feira (24), durante o 2º Congresso Pernambucano de Municípios. A apresentação aconteceu no auditório do Centro de Convenções, em Olinda, onde o congresso está sendo realizado. Além de Tuparetama, outros 11 projetos de municípios pernambucanos foram apresentados e concorrem a premiação.O resultado da premiação será divulgada às 08h30 dessa quarta-feira (25), dia de encerramento do evento. 

Cada um dos 12 municípios selecionados com suas práticas inovadores de gestão teve 7 minutos para apresentar ao público um resumo do projeto e resultados obtidos. Tuparetama foi o último a se apresentar, pois a ordem seguiu o critério alfabético. A apresentação do município foi uma das mais criativas, feita através de versos em cordel do poeta Lima Junior, declamados pelo jovem prodígio Samuel Aragão, que arrancou aplausos da platéia a todo momento. O coordenador do projeto, Gilmar Aguiar, apresentou o trabalho ao lado de Samuel.

O CIPT – Centro de Inclusão Produtiva de Tuparetama foi implantado no município através de uma parceria com o Pernambuco no Batente, do Governo do Estado, e surgiu com o objetivo de promover ações que proporcionassem o aumento de renda e oportunidade de ocupação da população em situação de vulnerabilidade e pobreza.A implantação do CIPT contribuiu para fomentar a criação da Cooperativa dos Agricultores e Produtores de Beneficiamento de Frutas de Tuparetama, hoje pleno funcionamento. Os cursos e atividades oferecidos pelo centro viabilizaram a iniciativa sobre associativismo e cooperativismo, oficinas sobre gestão de negócios, empreendedorismo, feira do empreendedor, etc. Como consequência foi implantado um centro de inclusão produtiva de beneficiamento de frutas, sendo pioneiro na região do Alto Sertão do Pajeú, microrregião do Sertão pernambucano.


Assessoria de Comunicação / Juliana Lima e equipe

Tuparetama participa do 2º Congresso da AMUPE


O Prefeito de Tuparetama e presidente do Cimpajeú, Dêva Pessoa, participou nessa segunda-feira (23), da abertura do 2º Congresso Pernambucano de Municípios, que acontece até a próxima quarta-feira, dia 25, no Centro de Convenções, em Olinda. 

Ao lado de seu secretariado e de outros servidores municipais, Dêva acompanhou o pronunciamento do Governador Paulo Câmara, que anunciou a liberação da nova parcela do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal – FEM, o que beneficiará os municípios do Pajeú, inclusive Tuparetama, que receberá aproximadamente meio milhão de reais. 

“Além de anunciar a liberação dos recursos, o que socorrerá os municípios, o Governador também anunciou a criação de um escritório junto a Secretaria de Planejamento para ajudar os prefeitos a elaborarem seus projetos, além de recursos para os consórcios”, comemorou o gestor. 


Na ala de exposição dos municípios, Tuparetama montou um stand com elementos representativos da cultura local, além de um demonstrativo das ações da atual gestão.

Assessoria de Comunicação / Juliana Lima e equipe
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...